As temíveis olheiras são um problema que incomoda grande parte das pessoas. Afinal, elas podem surgir por vários motivos, que vão desde a hiperpigmentação da pele até a qualidade do sono e da alimentação. A melhor solução para evitar o efeito “cara de cansada” é aliar um estilo de vida mais saudável a uma boa maquiagem para as olheiras.

E se você é do tipo que não curte maquiagem exagerada e acha que só vai conseguir cobrir as suas olheiras com muito produto, esqueça! Com as técnicas certas e os produtos adequados, você cria um look supernatural.

Quer dar adeus aos sinais de cansaço na face? Acompanhe este post e acabe de uma vez por todas com as suas dúvidas sobre maquiagem para olheiras.

Como escolher o corretivo ideal

Primeiramente, precisamos deixar bem claro que nem toda coloração de olheira é igual. Afinal, lembre-se de que, se nem os tons de pele são os mesmos, por que a pigmentação das olheiras seria?

É por isso que muitas pessoas tentam seguir a técnica de usar um corretivo um pouco mais claro que a pele e não conseguem esconder o problema: acabam evidenciando ainda mais. Isso ocorre porque, antes de usarmos qualquer técnica, precisamos uniformizar o tom da olheira com o tom da pele.

Poderíamos fazer um longo estudo sobre colorimetria aqui para explicar como uma cor anula outra na maquiagem, mas, como a ideia é facilitar, montamos uma lista com as cores mais indicadas para cada tom de pele:

  • peles claras: normalmente, os corretivos amarelados dão conta da uniformização da pele;
  • peles morenas: os tons de laranja costumam funcionar para anular as olheiras;
  • peles negras: os corretivos marrons avermelhados dão uma maior cobertura.

Preste atenção: quanto mais clara a pele, menos pigmentação o corretivo deve ter. Para conseguir dosar bem isso, você pode ir misturando o corretivo à sua própria base.

Como fazer a maquiagem para olheiras

O legal da maquiagem é que ela não tem regras! Tem gente que prefere começar pela aplicação da base; outras, pelo corretivo. Para ajudar você, fizemos um passo a passo, mas fique à vontade para modificá-lo:

  1. o primeiro passo é preparar a pele: limpar, tonificar e hidratar — mesmo que você tenha pele oleosa;
  2. se você tem olheiras profundas, uma dica é usar um hidratante específico para essa área dos olhos;
  3. agora é a vez de aplicar o corretivo colorido. Muito cuidado porque, diferentemente do corretivo do tom da pele, com esse, você não poderá fazer aquela famosa técnica do triângulo invertido. Como a ideia aqui é camuflar o problema, o corretivo colorido só deve ser usado em cima da olheira. Utilize uma pequena quantidade e espalhe com batidinhas com a ponta dos dedos ou um pincel específico;
  4. em seguida, aplique a base de sua preferência em todo o rosto, cuidando para evitar excessos. Lembre-se de que tudo o que estiver a mais na sua maquiagem vai acabar acumulando ou craquelando ao longo do dia;
  5. se você quiser destacar o olhar, esse é o momento de usar um corretivo mais claro que o tom da sua pele (mas não exagere). Aplique formando um triângulo invertido abaixo dos olhos e suavize a aplicação com os dedos, um pincel kabuki ou uma esponja;
  6. finalize aplicando um pó translúcido por cima para a maquiagem durar mais.

Prontinho! Em poucos minutos, você está livre do “ar de cansada” e com uma pele incrível! Não se esqueça de tirar toda a maquiagem antes de dormir, hein!

E, claro, além da maquiagem para olheiras, é fundamental cuidar da saúde com uma alimentação mais equilibrada e horas de sono. Afinal, de onde você acha que surgiu a expressão “sono da beleza”? Sim, ele ajuda a manter nossa pele mais bonita e revigorada, ajudando a diminuir o inchaço abaixo dos olhos.

Mas, antes de ir tirar a sua soneca, não dê uma de Bela Adormecida e conte aqui pra gente: como você costuma esconder as suas olheiras? Já usou corretivos coloridos? Quais prefere: líquido, cremoso ou bastão? Deixe seu comentário!

Facebook Comments